Mindfulness

O que é Mindfulness?

Mindfulness, também conhecida como Plena Atenção ou Vipassana, é uma prática meditativa que exercita a atitude de prestar atenção ao que acontece no momento presente, tanto na mente quanto no corpo e no ambiente, com curiosidade e bondade. Essa atenção traz consciência sobre pensamentos, sentimentos e padrões de comportamento, levando a opções de escolha, melhores respostas aos desafios da vida, mais bem-estar, clareza mental, cuidado consigo e com os outros.

A prática de Mindfulness tem aproximadamente 2600 anos e foi adaptada para a moderna medicina por meio do trabalho pioneiro do Dr. Kabat-Zinn, PhD, no Centro Médico da Universidade de Massachussetts. Em 1979, Kabat-Zinn fundou o Mindfulnessbased Stress Reduction – MBSR – para ajudar as pessoas a conviverem melhor com estresse, dores ou doenças.

Numerosas pesquisas demonstram eficácia da técnica de Mindfullness no suporte terapêutico de pacientes com dor crônica, depressão, ansiedade, insônia e outros.

Como funciona?

Programas baseados em Mindfulness partem do princípio de que os participantes podem exercitar-se, através de meditação e treinamento psicoeducacional de apoio, a serem mais conscientes e menos reativos e julgadores sobre seus pensamentos, emoções e sensações corporais. Os elementos-chave são: ver pensamentos como eventos mentais, trabalhar com os padrões automáticos de reação ao estresse, desfrutar de eventos agradáveis e cultivar uma bondade incondicional para si e os outros.

Quais os benefícios?

Aumenta a capacidade de concentração

Estudo de Walsh e Shapiro, de 2006, comprovou que a técnica é muito eficaz para aumentar a capacidade de concentração, por isso a prática já vem sendo recomendada para transtornos de déficit de atenção. Segundo estudo publicado na revista Frontiers in Human Neuroscience, o Mindfulness ajuda o cérebro a ter melhor controle sobre o processamento da dor e das emoções.

Reduz o estresse

Vários estudos demonstram que a prática de Mindfulness ajuda a diminuir a ansiedade, a depressão e o estresse. Pesquisa publicada na revista Health Psychology, em 2013, resultado do Projeto Samantha da Universidade da Califórnia, concluiu que concentrar-se no presente pode ajudar a baixar os níveis de cortisol, o hormônio do estresse físico e emocional.

Protege o cérebro

Pesquisadores da Escola de Medicina da Universidade de Harvard e do Hospital Geral de Massachusetts concluíram que a meditação aumenta o tamanho dos telômeros, retardando o envelhecimento das células e o desenvolvimento de determinadas patologias associadas à velhice. Outro estudo da Universidade de Oregon concluiu que Mindfulness pode alterar a estrutura neural do cérebro e proteger contra a doença mental. A prática foi relacionada com o aumento no tecido de proteção (mielina) em torno dos axônios, na região cingulada anterior do cérebro.

Melhora as relações interpessoais

Estudo de Wachs e Cordova, de 2007, sugere que a prática de Mindfulness aumenta a satisfação nas relações, diminui o estresse e melhora a habilidade de comunicar emoções. Outro estudo de Barnes, da Universidade de Rochester, demonstra que esta técnica também ajuda a melhorar as relações interpessoais, pois protege o indivíduo contra as situações estressantes advindas de conflitos na relação.

Aumenta a imunidade

Um grupo de cientistas, orientado por Richard Davidson, da Universidade de Wisconsin, observou o aumento do número de anticorpos em meditadores, após vacinação contra gripe, em relação ao grupo de controle. Outras pesquisas também demonstram que quem medita regularmente é admitido com menor frequência em hospitais para tratar doenças como o câncer e patologias cardiovasculares e infecciosas. (fonte)

Transtorno obsessivo compulsivo (TOC)

Jeffrey Schwartz, pesquisador e professor de psiquiatria da Escola de Medicina da Universidade da Califórnia, investigou o potencial terapêutico de Mindfulness nos seus pacientes com TOC e demonstrou que o esforço mental voluntário e consciente pode alterar certos circuitos cerebrais, diminuindo a atividade no córtex frontal orbital, centro do circuito do Transtorno. (fonte)

Reino Unido, nação mindful

Mindful Nation UK

Essa é uma das grandes novidades sobre a meditação Mindfulness (ou Plena Atenção). O Reino Unido está engajado em ser a “primeira nação mindful”, criando políticas públicas para aplicar as melhores práticas de treinamento mindfulness em benefício do sistema de saúde, de educação, dos espaços de trabalho e do sistema de justiça/carcerário. Para isso, foi feito um rico levantamento sobre o assunto que está disponível neste site.

Mindfulness na mídia

Artigos

Outros tópicos


Resultados de pesquisa

São muitas as pesquisas conduzidas com o intuito de verificar os efeitos relatados pelos praticantes da meditação Mindfulness e os resultados são promissores! Abaixo, temos artigos relatando alguns estudos.

NEUROCIENTISTA DE HARVARD: Meditação não só reduz o estresse, como também muda seu cérebro
Entrevista com Sara Lazar, neurocientista do Hospital Geral de Massachusetts e da Escola de Medicina de Harvard, uma das primeiras cientistas a atender às reivindicações de estudo sobre os benefícios da meditação e Mindfulness e a testá-los em imagens do cérebro. (leia mais)

Eight weeks to a better brain Meditation study shows changes associated with awareness, stress
“Participar de um programa de meditação de oito semanas parece trazer mudanças mensuráveis em regiões cerebrais associadas à memória, senso de si mesmo, empatia e estresse.” (leia mais em inglês)

Mindfulness meditation: A mental workout to benefit the brain
O potencial da meditação Mindfulness e práticas relacionadas para transformar o cérebro é uma área de investigação promissora em curso. A replicação de estudos de imagem cerebral em grupos maiores de pessoas poderá trazer uma confirmação importante dos resultados.
(leia mais em inglês)

Meditation may relieve IBS and IBD – Researchers found the relaxation response showed improvements in the two gastrointestinal disorders
Nossos resultados sugerem boas possibilidades para o desenvolvimento e aplicação deste tratamento em um grupo maior de pacientes com doença gastrointestinal (leia mais inglês)

Article: Mindfulness Can Literally Change Your Brain
Mindfulness deve passar de uma prática desejável para ser uma prática obrigatória para executivos, pois é uma forma de manter o cérebro saudável, apoiar a auto-regulação e melhorar a capacidade de tomar decisões, além de nos proteger do estresse. (leia mais inglês)

Now and Zen: How mindfulness can change your brain and improve your health
Artigos de diversos autores/pesquisadores de Harvard (leia mais inglês)